rega

Plantas Noar - Tillandsias - Plantas aéreas

Cuidando das Tillandsias – O verão está a chegar

As tillandsias não são plantas muito exigentes, apesar de não precisarem de muito para viver, elas necessitam de condições mínimas.

Se quer ver a sua planta aérea feliz e saudável, deverá proporcionar-lhe pelo menos 3 coisas:

  • Humidade
  • Luz
  • Calor

É muito interessante observar, que o comentário inicial de algumas pessoas que identificam as plantas aéreas e que se aproximam da nossa banca nos mercados é: “Olha lá as plantinhas que não precisam de água!”

E nós, sempre que conseguimos, respondemos:

Elas não precisam é de terra. De água precisam sempre.

Infelizmente, para algumas pessoas, a questão da água parece não encaixar e acabamos por depreender que seja pela fama da Tillandsia Aeranthos.

A Tillandsia Aeranthos é uma variedade de planta aérea muito comum na Península Ibérica, também presente nos Açores e na Madeira e que realmente não necessita de grandes cuidados, ou melhor, que sobrevive sem grandes cuidados.

Na verdade, com alguns “mimos”, as Aeranthos ficam mais viçosas e presenteiam-nos com filhotes e flores mais frequentemente.

O verão e as tillandsias

Com a chegada das temperaturas mais altas do verão e com a descida da humidade relativa do ar em algumas zonas do país, as plantas aéreas começam a ressentir-se e podem não resistir aos nossos esquecimentos que são tolerados em épocas de temperatura mais amena.

Lembre-se que para as plantas aéreas de folhas mais verdinhas, como é o caso das Ionanthas ou das Butzii por exemplo, a falta de humidade pode ser muito prejudicial. Se pensarmos numa Tillandsia Argentea então pode ser mesmo fatal.

Se se vai ausentar ou fazer férias neste verão, faça uma rega mais profunda das suas plantas aéreas utilizando o método da imersão. A seguir, faça por baixar o seu metabolismo, colocando-a numa zona mais fresca da casa e onde tenha menos luz.

Cuidando das Tillandsias - O verão está a chegar

Este procedimento “engana” a planta aérea e faz com que ela poupe energia, processando menos açúcar, transpirando menos e consequentemente perdendo menos água.

Isto porém, como já deve ter notado, não são as condições ideais. Só por uns dias não faz mal e a sua plantinha agradece.

Nunca é demais recordar que a regra do borrifar 3 vezes por semana, que costumamos indicar, é genérica.

Observar a suas plantas aéreas e reconhecer os sinais de falta de água é essencial para o bem estar das mesmas.

Cuidando das Tillandsias - O verão está a chegar

Plantas felizes, pessoas felizes!

 

Onde pode comprar plantas aéreas? Na nossa loja online!
Plantas aéreas em Portugal?
Está no lugar certo, é mesmo aqui.

 


 

regar as tillandsias

Cuidando das tillandsias – Regras básicas para rega

Quando estamos nos mercados, enquanto falamos com os clientes e explicamos os cuidados básicos a ter com as plantas aéreas, no nosso clima, temos sempre o cuidado de dizer que a “regra” do borrifar as folhas 2 ou 3 vezes por semana pode variar.

Sim. Tudo depende do ambiente onde a sua Tillandsia vai viver.

Tillandsia Usneoide - RegaCasas mais quentes e mais secas podem exigir uma maior atenção e a estação do ano também pode influenciar a frequência de rega das suas plantas aéreas, sendo que no Inverno as plantas aéreas precisam de menos quantidade de água. No entanto, as lareiras, aquecimentos e o ar-condicionado são factores a ter em conta pois secam o ar da divisão onde se encontram. Caso a planta se encontre no exterior, há que ter em atenção a exposição ao sol direto e aos ventos que também podem secar um pouco mais estas plantas.

É tudo uma questão de atenção aos sinais que as nossas amigas verdes (ou cinzentas) nos dão 🙂

Nalgumas plantas, como a Tillandsia Caput Medusae, o enrolar das folhas pode ser uma opção estética mas também é um sinal de falta de água quando as folhas se tornam demasiado encaracoladas. Esta planta é extremamente resistente e demora muito tempo até dar sinais de stress hídrico.

Mas, apesar da rega ser extremamente importante, o tempo de secagem também é fundamental.

É muito importante que estas sequem entre 4 a 5 horas após a rega, de modo a evitar que a planta aérea fique molhada durante muito tempo, propiciando o apodrecimento. Se possível, deve-se evitar que fique água estagnada entre as folhas destas plantas.

Ter uma aragem ou um bom fluxo de ar ajuda muito em termos da secagem das Tillandsias.

Ler mais