cuidados

Os benefícios das Plantas Aéreas na sua casa e escritório

Embora não seja segredo para ninguém que adoramos plantas aéreas, na realidade existem muitos benefícios para a nossa saúde quando trazemos as Tillandsias (ou outras plantas) para a nossa casa ou para o nosso trabalho.

A decoração com plantas aéreas traz um carácter único e interessante para o seu espaço, bem como benefícios para a sua saúde mental, já para não dizer que adicionar plantas à sua casa ou escritório é uma das maneiras mais baratas de fazer um upgrade ao seu espaço!

Ler mais
Plantas Noar - Tillandsias - Plantas aéreas

Cuidando das Tillandsias – O verão está a chegar

As tillandsias não são plantas muito exigentes, apesar de não precisarem de muito para viver, elas necessitam de condições mínimas.

Se quer ver a sua planta aérea feliz e saudável, deverá proporcionar-lhe pelo menos 3 coisas:

  • Humidade
  • Luz
  • Calor

É muito interessante observar, que o comentário inicial de algumas pessoas que identificam as plantas aéreas e que se aproximam da nossa banca nos mercados é: “Olha lá as plantinhas que não precisam de água!”

E nós, sempre que conseguimos, respondemos:

Elas não precisam é de terra. De água precisam sempre.

Infelizmente, para algumas pessoas, a questão da água parece não encaixar e acabamos por depreender que seja pela fama da Tillandsia Aeranthos.

Ler mais
Plantas Noar - Tillandsias - Plantas aéreas

Os tricomas

O que se passa com a minha planta aérea?

Costumam perguntar-nos porque é que a sua planta aérea está mais esbranquiçada e perdeu um pouco da sua cor. O que é esta substância pouco habitual, branca e peludinha nas folhas da sua Tillandsia?

Não há qualquer motivo para preocupação, porque, de facto, é um dos sinais de uma planta saudável e feliz.

Tricomas - Tillandsia Tectorum

Tricomas da Tillandsia Tectorum Snow (ampliado)

Estes misteriosos pelinhos brancos constituem uma camada de células que absorvem água e nutrientes e que se chamam Tricomas. Estes Tricomas são específicos das plantas aéreas (do Género: Tillandsia) e de outras plantas epífitas que não dependem de um sistema de raízes para a absorção de água e nutrientes. Adicionalmente, ajudam a proteger a planta do sol intenso.

Ler mais

Tratamento de beleza

Assim como nós gostamos de cuidar do nosso visual, não faz mal de vez em quando tratar do visual das nossas plantas aéreas (e de outras também).

Com o passar do tempo e conforme a sua tillandsia vai evoluindo, é natural que as folhas mais exteriores comecem a apresentar algumas falhas, ou até mesmo a ficar com um aspecto seco, trata-se o processo natural de envelhecimento das plantas aéreas.

Cuidados com as aéreas - Plantas No'Ar

Por vezes, algumas destas imperfeições podem estar relacionadas com falta ou excesso de água, e neste caso a “secura” será mais generalizada e não só nas folhas mais velhas/exteriores ou nas pontas.

Ler mais
regar as tillandsias

Cuidando das tillandsias – Regras básicas para rega

Quando estamos nos mercados, enquanto falamos com os clientes e explicamos os cuidados básicos a ter com as plantas aéreas, no nosso clima, temos sempre o cuidado de dizer que a “regra” do borrifar as folhas 2 ou 3 vezes por semana pode variar.

Sim. Tudo depende do ambiente onde a sua Tillandsia vai viver.

Tillandsia Usneoide - RegaCasas mais quentes e mais secas podem exigir uma maior atenção e a estação do ano também pode influenciar a frequência de rega das suas plantas aéreas, sendo que no Inverno as plantas aéreas precisam de menos quantidade de água. No entanto, as lareiras, aquecimentos e o ar-condicionado são factores a ter em conta pois secam o ar da divisão onde se encontram. Caso a planta se encontre no exterior, há que ter em atenção a exposição ao sol direto e aos ventos que também podem secar um pouco mais estas plantas.

É tudo uma questão de atenção aos sinais que as nossas amigas verdes (ou cinzentas) nos dão 🙂

Nalgumas plantas, como a Tillandsia Caput Medusae, o enrolar das folhas pode ser uma opção estética mas também é um sinal de falta de água quando as folhas se tornam demasiado encaracoladas. Esta planta é extremamente resistente e demora muito tempo até dar sinais de stress hídrico.

Mas, apesar da rega ser extremamente importante, o tempo de secagem também é fundamental.

É muito importante que estas sequem entre 4 a 5 horas após a rega, de modo a evitar que a planta aérea fique molhada durante muito tempo, propiciando o apodrecimento. Se possível, deve-se evitar que fique água estagnada entre as folhas destas plantas.

Ter uma aragem ou um bom fluxo de ar ajuda muito em termos da secagem das Tillandsias.

Ler mais
Como regar as tillandsias

As plantas aéreas, o calor e a humidade.

As plantas aéreas vivem nos mais diversos estratos na natureza e estão adaptadas a diversos níveis de humidade.

Por este motivo, é difícil estabelecer uma receita geral para todas as tillandsias. A nossa sugestão de rega de duas a três vezes por semana é bastante genérica, porém, cada caso é um caso e consoante a sua casa ou a origem da planta aérea os intervalos de rega devem ser ajustados.

Tillandsias calor e humidadeTillandsia caput medusae submergida em água

Os tipos de folhas

As tillandsias de folha fina e verde, geralmente vivem em climas tropicais e sub-tropicais onde a humidade relativa é muito alta e onde as chuvas são mais frequentes e por este motivo estas plantas aéreas não precisam de acumular água para grandes períodos de seca.

As Tillandsias Bulbosa e Butzii são exemplos de plantas aéreas que vivem em ambientes mais húmidos e por isso quando estão dentro de casa, podem precisar de um pouco mais de água que outras tillandsias.

A barba de velho (Tillandsia usneoides) uma vez dentro de casa, também precisa de mais água do que outras tillandsias.

Quando uma planta aérea tem as folhas prateadas/cinzas como é o caso da Tillandsia xerographica, a silver e da tectorum, elas evaporam muito menos água e toleram maiores intervalos sem rega.

A rega acaba por ser o maior segredo do sucesso de vida das suas tillandsias. Há quem apenas borrife, há quem mergulhe a planta aérea em água, há quem combine as duas técnicas, enfim, não existe uma receita para todas.

Observe a sua planta planta aérea, preste atenção aos sinais que ela dá e divirta-se. Em caso de dúvida, consulte a página da planta no nosso site ou contacte-nos.

Nós em casa, utilizamos as duas maneiras de regar.

O importante é lembrar que num ambiente muito seco, seja verão ou seja inverno, as tillandsias precisam de humidade, por isso ter atenção aos sinais que a sua planta dá é muito importante. No entanto, estas plantas não gostam de estar sempre molhadas, e precisam de secar bem entre as regas.

A recompensa pelo carinho que lhes damos não nos decepciona.

Tillandsia calor e humidadeTillandsia Moonlight em flor (coleção particular)

 

 

Tillandsia Xerographica

A beleza da Tillandsia Xerographica

A Xerographica é a rainha das tillandsias.

O seu nome deriva do grego, xeros que significa seco e graphia que significa escrita.

A sua forma e beleza chamam a atenção de qualquer pessoa onde quer que esteja.

Esta planta aérea é originária das florestas áridas e semi-áridas de El Salvador, México e Guatemala e sobrevive neste ambiente graças ao orvalho da manhã que lhe fornece água e ao sol que a seca durante o dia, factores muito importantes para o bem estar desta planta aérea.

Tillandsia Xerographica

Tillandsia Xerographica com haste floral

 

A Xerographica e o Sol

A Xerographica está entre as poucas plantas aéreas que apreciam e toleram o sol direto, por isso, evite colocar a sua Xerographica em locais muito sombreados da sua casa.

Ela ficará muito mais feliz se apanhar o sol matinal.

Lembre-se que demasiada humidade poderá até prejudicar esta planta aérea, pois a Xerographica requer muito menos água que as outras plantas aéreas. Não a regue em demasia, principalmente se optar pela técnica da imersão da planta.

Borrifá-la a cada 2 ou 3 dias e um banho de imersão a cada 4-6 semanas deve ser o suficiente, porém a sua planta dará sinais caso precise de mais ou menos água.

As suas folhas irão encaracolar mais e as suas pontas irão secar caso ela precise de mais água.

Cuidados com a Xerographica

Mesmo necessitando de água para viver a Xerographica não gosta de ficar constantemente molhada e o acúmulo de água nas folhas, principalmente na roseta central, pode ser fatal para esta planta pois provocará o seu apodrecimento muito facilmente.

Após um banho de imersão, sacuda bem a planta e deixe-a de “pernas” para o ar durante algum tempo para que a água escorra.

A Xerographica é uma planta que pode crescer muito e durar dezenas de anos e apesar do seu crescimento lento ela poderá desenvolver-se muito bem e até florir e reproduzir-se desde que tenha as condições ideais para isso.

Na nossa loja online pode encontrar a Tillandsia Xerographica em vários tamanhos.